Páginas

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Abril

Abril o dia da mudança e perdão
abriu a vida e coração da poesia
que passeia por esses olhinhos discretos,
andarilho da razão que bate a pulsos fortes, largos
e lentos.
Rio sem poder nadar entre essas palavras sinceras
dizeres que me leva
amante das suas saias dançantes
que balança o meu amar de criança que sonha a cada girar.
Abriu o meu dia,
Abril o meu mês.



12 comentários:

  1. "Abril o meu mês", como você consegue fazer esses milagres com as palavras? Adorei, ainda mais por que Abril é o mês em que nasci, daí essa poesia me tocou especialmente ;)

    ResponderExcluir
  2. Que lindo poeta!

    eu pude sentir o vento das saias dançantes a cada girar...

    ResponderExcluir
  3. Pra mim abril nem vai e nem vem. Maaas, curti o poema :D

    ResponderExcluir
  4. Qe banner sensacional! adoorei (:

    ResponderExcluir
  5. belas palavras...soube usar o mes que estamos em uma poesia...muito legal...

    ResponderExcluir
  6. Muito bom.
    Parabéns.
    Você escreve muito bem!
    Estou te seguindo.
    Quando der, lhe farei visitas. :)

    ResponderExcluir
  7. Nossa que lindo.
    Seu blog é simples e encantador, sua escrita: tocante. Parabéns.

    Seguindo *-*

    ResponderExcluir
  8. Seguindo :)
    Achei fantástico!
    Parabéns

    http://distractingpages.blogspot.com/
    beijinhos distraídos

    ResponderExcluir
  9. Que blog mais lindo Bruno!!

    Encantadíssima!

    Beijo

    ResponderExcluir
  10. ola..vi seu blog na comu de escritores.
    eu gostei dele..estou te seguindo..
    se puder vai la ler meus textos..

    abraços.

    http://papiando-adoidado.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Pow Muito show ...
    espero que continue assim
    Cada vez melhor...


    Bjus !

    vai lá no meu blogger em te espero!!!

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu comentário. A POESIA AGRADECE!